domingo, 24 de setembro de 2017

Humildade nos atos e gestos

Sei que andamos um tempo afastados de vocês. Isso, infelizmente acontece porque a Taymara não anda nada bem. Como ela não gosta que sejam escritas coisas negativas, fomos forçados a nos afastar, mas estamos de volta. Estou aqui mais para agradecer à todos que seguem nessa luta conosco e, dizer que não esquecemos de vocês.

Queremos agradecer por todo o sucesso nos eventos, com presença maciça de todos. Agradecer principalmente ao empenho da Cristiane, da Lilian, de todos os voluntários, os clubes e associações que cedem seus espaços e também, é claro, a todos que comparecem e ajudam como podem. Não estamos falando somente de ajuda financeira, até porque entendemos que a situação não está difícil só para nós. Esta infelizmente, é uma realidade econômica de todo o país, fruto da corrupção endêmica que tomou conta de nossas instituições e acabou com a nação.

Essa realidade acabou com postos de trabalho, como o do meu marido. Profissional competente que já está a dois anos desempregado. É uma realidade do Brasil! Este desabafo serve não só para trazer à tona a nossa realidade, mas para dizer que somos cada vez mais gratos a todos que nos ajudam como podem. Em um momento como este, não é fácil tirar de suas casas para ajudar o próximo, sabemos muito bem disso.

Agradecemos principalmente pelo carinho e amor que todos vocês emanam. Podem ter certeza que essa energia positiva mandada a distância, toca os nossos corações e serve de apoio para que a nossa Taymara continue lutando. Não fosse o carinho de vocês, muito possivelmente já teríamos desistido.

Vamos seguindo com humildade nos atos e nos gestos. Temos fé que o caminho muitas vezes trilhado, seja com espinhos ou flores, faz parte da caminhada da vida e que tudo na vida é renovado no seu tempo certo.

Sentimos a falta, sentimos a dor. Tantas coisas que tivemos que deixar para trás, até mesmo alguns amores que ficaram pelo caminho. A fome que o estômago da Taymara perdeu e, sendo assim, restaram só os desejos de suas comidas favoritas. Mas tudo isso é sinal que estamos mais vivos do que nunca.

Gratidão a Deus e a todos que nos alimentam, com fé, esperança, e renovação.


Fátima Bragança Saúda Pais, Felipe Saúda Pais e Taymara Saúda Pais

http://ajudetaymara.com.br/



quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Homenagem do Zinho a Taymara


Está é a bela homenagem do cantor Zinho, do Tempero, para a nossa guerreira Taymara, durante o evento de ontem. Zinho, muito obrigado por todo o carinho, amor e dedicação a nossa causa. Atitudes como essa ficarão para sempre marcadas em nossos corações. O Brasil todo conhece a sua capacidade como cantor e compositor. Esta bela composição que fez para a Luz que Brilha, só mostra o quanto você é um ser iluminado. Vejam! Escutem e se emocionem, com este vídeo que foi feito pelo nosso amigo Ricardo Saibun. Obrigado Zinho!!!

Segue abaixo a letra da bela composição do grande Zinho:

TAYMARA
UM ANJO QUE DEUS MANDOU PRA NÓS


NADA NESSA VIDA É POR ACASO

A GENTE TINHA MESMO QUE SE CONHECER

SE HOJE CAMINHAMOS LADO A LADO
É QUE A VONTADE DE DEUS SE FEZ PREVALECER

TAYMARA
MENINA VALENTE GUERREIRA

TAYMARA
NAO DESISTE POIS É BRASILEIRA

TAYMARA
VIVE ABRAÇADA NA FÉ

TAYMARA
CONTE COM A GENTE PRO QUE DER E VIER

VAMOS JUNTOS SIM
FORTALECER ESSA CORRENTE

VAMOS JUNTOS SIM
CANTAR NUMA SÓ VOZ

TAYMARA

TAYMARA VC É UM ANJO LINDO
É UM LINDO ANJO
QUE DEUS MANDOU PRA NÓS


segunda-feira, 24 de abril de 2017

Limites

Aos meus 56 anos, percebi que para ser feliz tive que aprender a gostar de mim, a cuidar de mim, e principalmente, a gostar de quem também gosta de mim. Todos os dias acontecem muitas coisas. Há milhares de finais acontecendo todos os dias e com esta vida sempre tão corrida, às vezes, não encontramos tempo para pensar sobre o que realmente é importante, por isso, quero mais uma vez agradecer a todos que acompanham a família HSAN. Uma coisa importante que a vida me ensinou é que a maior vingança contra um inimigo é perdoa-lo, sendo assim, ele desaparece de nossas vidas e não consegue mais nos perturbar. Estou escrevendo todas essas coisas porque foram dias de desespero. Nesses dias percebi que é preciso crer, não em mentiras, nem em suposições, é preciso crer em si mesmo, ter auto confiança, e por mais absurdo que pareça, buscar sempre impor-se limites, e por mais difícil que seja o ideal a ser alcançado, supere as barreiras. Estamos vencendo a HSAN, dia após dia. Assisti a todo o sofrimento de minha filha, que muitas vezes parecia escapar por entre os meus dedos, mas venci. Enfim, é assim que funciona esse teatro chamado vida. Uma máquina inconstante de buscas, idas e vindas, de crenças e descrenças, de choros e sorrisos, e posso lhes garantir, de limites a serem vencidos. 

http://ajudetaymara.com.br/

terça-feira, 7 de março de 2017

Ainda sorrimos

Os dias algumas vezes são um pouco complicados. Tento não deixar que a nossa vida se torne uma rotina mas, pergunto a vocês, Como encarar as minhas tarefas, os meus cuidados, como se fossem coisas renovadas se estou cuidando no dia a dia da saúde dos meus filhos? Sim, posso encarar essas tarefas de uma maneira diferente quando tiver a possibilidade de um tratamento, de uma estabilidade, ai sim, posso descobrir detalhes que servirão como experiência e transformem em diferente os dias que são sempre uma rotina. Claro que tento levar tudo de maneira leve pois, uso todo a minha sabedoria e compaixão, elas andam juntas, assim posso demonstrar todo meu carinho, mesmo estando realizando algumas tarefas que me causam tristeza, como aspirar a Taymara e etc... Procuro ter este equilíbrio e seguir em frente, passo a passo. Tento ouvir a voz do meu coração. Algumas vezes fico tentando descobrir algo no silêncio em que ficamos quando ela esta muito mal. Gostaria de ter a sensibilidade de ouvir o sussurro dos anjos mas, isso não acontece. Em meio a turbulências, vamos seguindo em busca da paz e do equilíbrio. Mesmo dentro da nossa rotina, devido a piora do quadro, não queremos viver pela metade. Negamos carregar o fardo de angústia e conflitos. Sorrimos menos esses dias mas, o melhor de tudo isso é que ainda conseguimos sorrir.


http://ajudetaymara.com.br/

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Roda gigante

Difícil explicar! O que é a vida, se não uma grande roda gigante, onde um dia se está por cima, e no outro se está por baixo? É acho que o motor dá nossa roda gigante enguiçou, e bem quando ela estava por baixo. É bem difícil esconder o abatimento quando se leva pancadas atrás de pancadas. Ah! se não fossem vocês, meus amigos, que têm nos ajudado a sobreviver em meio ao furacão que não passa, acho que eu já teria desistido. São tantas mãos tentando consertar o motor de nossa roda gigante, que isso nos dá certo alento mas, para ser sincero, em alguns momentos é difícil manter o otimismo. Mesmo com tantas coisas positivas que têm acontecido, as quais seremos eternamente gratos, é difícil olhar para o lado e ver a Taymara sofrendo com tantas dores. Nos acalanta saber que mesmo diante de tanto mal estar físico ela ainda é feliz, e essa felicidade vem única e exclusivamente dá força que vocês tem nos dado. Os desenhos, as caixas, tudo que ela faz com tanto amor e carinho, devolveram a ela a auto-estima, o orgulho, fizeram com que ela se sentisse útil, e os elogios, como fazem bem a ela. Saber que vocês não compram só por pena, mas sim porque realmente gostam, deu a ela uma luz, uma nova vida. Este é o outro lado da moeda. Se nos corta o coração ver ela sofrendo tanto com as dores, nos enche de orgulho e esperança o olhar dela cada vez que termina uma de suas artes. Não sei como, nem quando, mas a roda um dia vai girar, e vamos voltar a estar por cima, e quando isso acontecer não iremos nos esquecer de cada um que colocou a mão no motor para faze-lo voltar a funcionar. Não desistam de nós, porque por mais desanimados que possamos estar, nós nunca desistiremos.

Muito obrigado à todos.